Caminho Francês: 1 etapa Saint Jean Pied de Port-Roncesvalles

Atualizado: Fev 27

Atravessar os Pirineus representava para os primeiros peregrinos que vinham de terras distantes, um verdadeiro desafio. Hoje, continua sendo uma das etapas mais difíceis do Caminho, mas também uma das mais belas.



Saint Jean Pied de Port


Saint Jean Pied de Port, é uma bela cidade da França, onde convergem as três grandes vias do Caminho de Santiago no território francês, dos que partem de Paris, dos fazem desde Le Puy e dos provenientes de Vecelay.


Esta localidade de grande tradição peregrina conserva uma Cidade fortificada no alto da colina, que foi construída no ano de 1628, é um cidade antiga, e que merece a pena visitar.

Saint Jean se abandona partindo da Igreja de Nossa. Senhora, cruzando a ponte sobre o Rio Nive e seguindo pela central e comercial Rua d´Espagne, e saindo do antigo recinto amuralhado pela porta de mesmo nome, a “Porta da Espanha”.


Os dois primeiros quilômetros do caminho é por uma forte subida e por uma estreita pista asfaltada, sinalizada como“Chemín de Compostela” ou “Rota de Napoleão”.

Um pequeno percurso urbano de subida desde o primeiro passo, que se supera parte seguindo a estrada e outra parte por empinados atalhos bem sinalizados.


A 5.3 quilômetros da saída, chega ao primeiro “respiro” onde se encontra Huntto, uma pequena aldeia que se oferece alguns serviços, onde podemos repor as forças no bar de turno. A partir deste local a descida se faz mais pronunciada e a paisagem começa abrir com imponentes ondulações e paisagens alpinas.


Seguindo pela estrada de asfalto do caminho, até encontrar novo atalho, que deixa a estrada a direita. Superado o mesmo, encontrará com o primeiro altiplano de espetaculares vistas, o caminho se segue por uma pequena descida. Novamente conectado com a estradinha, o caminho te levará até o refugio/albergue de Orisson, onde pode-se ficar, se saiu de Saint Jean pela tarde (deve-se fazer a reserva com antecedência); o refugio fica aberto somente de março a novembro e possui 18 camas distribuídos em 3 quartos e está localizado a 7.5 Km. de Sain Jean Pied de Port.

O peregrino tem optado também pela chamada Rota Imperial, (calçada romana Burdeos-Astorga), porém devemos apontar que, na época do inverno não é aconselhável seguir por este itinerário por causa dos nevoeiros e neves, sendo melhor usar a rota alternativa: A estrada de asfalto que passa por Valcarlos.

O Peregrino deverá superar no inicio do caminho com até 12 quilômetros de subida íngreme para alcançar o colina de Bentartea ou passagem de Napoleão, onde uma fonte que fica a esquerda e é a referencia que o conduz, depois de uma pequena decida, em uma área harborizada, e mais tarde e atrás de uma encruzilhada de caminhos a direita se chega a colina de Lepoeder, a maior altitude do percurso com 1440 m.

O peregrino, já em território espanhol, estará diante de uma das paisagens mais belas e desde onde já se poderá vislumbrar o vale de Roncesvalles.


Iniciado a descida, o caminho oferece duas alternativas: a primeira que desce abruptamente (bajada com fuertes pendientes) e vai direto até o Monastério de Roncesvalles, e a segunda mais longa, porém muito mais suave (recomendada), que leva pelo caminho até o lugar onde se evoca a proeza de Rolando e seus sete pares. Por uma preciosa paisagem e se chega ao final da etapa.

“O Conde Rolando sobrinho de Carlos Magno, morreu junto a seus homens na batalha de Roncesvales, travada no desfiladeiro do mesmo nome contra os sarracenos. A batalha, foi travada em 15 de Agosto de 778 entre a rectaguarda do exército de Carlos Magno, sob o comando de Rolando, e representou a luta dos cristãos contra a conquista moura na península Ibérica. Bravamente resiste aos ataques dos inimigos, morrendo em defesa da honra e da fé cristã”.

Rota Alternativa

Em épocas de grandes nevadas, nevoeiro ou chuvas, é relativamente perigoso escolher a rota que descrevemos como a principal, que naturalmente é mais divertida, mais atrativa e mais peregrina. Porém quando se observam as circunstancias informadas, o mais aconselhável é percorrer esta etapa seguindo a estrada que passa por Valcarlos, a qual não se abandona até chegar a mesma cidade de Roncesvalles.


Todo o percurso é realizado por asfalto, salvo pequenos atalhos que simplificam as conhecidas e típicas curvas de todo traçado de asfalto ao redor da montanha.

Em compensação, passando pela cidade de Valcarlos, servirá para lembrar que neste lugar se estabeleceram as principais forças do Imperador Carlos Magno, no seu regresso das campanhas militares bélicas pela península Ibérica.


#caminhodesantiago

#caminhofrances

#caminhodesantiagodecompostela

Caminhadas

Caminhos do Brasil

Caminhos Internacionais

Caminho de São Francisco

Caminho  de São Bento

Caminho da Via Francigena

Caminho de Shikoku

Caminho Machu Pichu

Caminho Salkantay

Caminho Torres del Paine

Caminho Patagônia Argentina

Caminho de Santiago

Caminho Francês desde:

San Jean Pied del Port

Ponferrada

Caminho da Costa Português

Caminho Central Português

Caminho Primitivo

Caminho de Madrid

Caminho de Via de la Plata

Caminho Inglês

Contato

Fale Conosco

Quem somos

Peregrinos

Associações

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

©2019 by Peregrino Sem Fronteiras. Proudly created with Wix.com

Rua Apiacas, 403  - Blue Point 5º Andar CEP 05017-020, Perdizes São Paulo/SP

Telefone / Whatsaap: 11 97103-0939  |  Embratur : nº  26.007088.96-2