Caminho da Via Francigena

Itália

VIA FRANCIGENA - ITÁLIA

 

A Via Francígena era uma importante estrada percorrida, no passado, por milhares de peregrinos. Era parte de um conjunto de ruas que levavam da Europa central, especialmente da França mas também da Suíça, para Roma e, mesmo por isso, a estrada começou a ser chamada, já na época antiga, de Francígena, ou seja, proveniente da “terra dos Francos”.

A peregrinação na Idade Média era pra percorrer principalmente a pé (por motivos de penitência), e levava consigo um fundamental aspecto devocional: a peregrinação aos lugares sagrados da religião cristã.

Três foram os polos de atração para esta humanidade viajante: antes de tudo Roma, lugar do martírio de São Pedro e São Paulo; Santiago de Compostela, onde o apóstolo São Tiago tinha escolhido descansar em paz e, claro, Jerusalém, na Terra Santa.  

A Via Francigena é o nome comum de uma antiga estrada percorrida na Idade Média pelos peregrinos da França para Roma.

O peregrino não viajava sozinho, mas em um grupo, e levava as insígnias da peregrinação: a concha para Santiago de Compostela, a cruz para Jerusalém, a chave para São Pedro em Roma.​

SOBRE O CAMINHO

 

A Via Francigena (Itália)  é indicado para aqueles que buscam um caminho de peregrinação de longa distância, como o Caminho de Santiago de Compostela e vivenciar uma experiência de caminhar todos os dias.

Há mais de mil quilômetros para percorrer a Itália, desde a passagem de Gran San Bernardo até Roma, passo a passo. Trilhas de montanha fáceis, trilhas de pedra, estradas secundárias, sem tráfego, estradas brancas entre ciprestes ou sombreadas por pinheiros domésticos. Os sinais de trilha guiam você pela Itália onde todas os caminhos o levam a Roma: a rota oficial da Via Francigena é a mais segura, mais fácil, sem dificuldades técnicas, cuidadosamente projetado para ser seguido por todos e todas as idades.

 

A rota é dividida em etapas de um comprimento médio de 22 a 23 quilômetros, com picos de cerca de 32 km. A divisão dos trechos depende, acima de tudo, das possibilidades de acomodação "peregrina" nos locais de chegada, mas você pode dividir a rota de maneira diferente, talvez ficando em instalações turísticas.  

Caminhe em uma peregrinação de 22 dias na Itália, passando por um percurso que cruza cidades de valor histórico e artístico inquestionável, percorreremos 412 Km do trecho da Via Francigena na Itália, partindo de Lucca passando por : Montefiascone; Vercelli; Porcari; Robbio; San Genesio; Tromello; Pavia; Piacenza; Siena; Fiorenzuola d’Arda; Camaiore; San Gimignano; Bolsena; Fidenza; Luni; Fornovo di Taro; Pontremoli; Campagnano di Roma; San Quirico d’Orcia; Viterbo e Sutri para chegar a Roma, a capital europeia da história e da arte.

DIA A DIA / ETAPAS 

👣

 
 

Dia 01 - Cidade de origem - Roma (Itália)

Saída de viagem do aeroporto GRU de São Paulo ou qualquer aeroporto internacional do Brasil com destino a Roma. Chegada a Roma no dia seguinte ao dia da viagem. 

Dia 02 : Chegada a Roma - Firenze

Chegada de viagem e segue de Trem a Firenze descanso para se preparar para a Peregrinação.

.

Dia 03 / Firenze

Após o café da manhã transporte para visitar Florença. Visita do centro histórico Florença, capital da região Toscana, na Itália, abriga muitas obras de arte e arquitetura renascentistas. Um dos seus pontos turísticos mais

emblemáticos é o Duomo, a Catedral.  Hospedagem em Firenze.

Dia 04 / Firenze – Lucca - San Miniato

Saida de Firenze de ônibus para Lucca, visita do centro histórico, e nova saída de ônibus para San Miniato e visita do centro histórico.  San Miniato, Piazza della Repubblica - em frente ao Palazzo del Seminario 

Convento San Francesco - San Miniato Alto localizado na Piazza San Francesco, 1 – San MIniato Alto. - sanminiato@nuoviorizzonti.org .

Dia 05 / Etapa 1: San Miniato - Gambassi Terme - 24 km

Primeira linda caminhada nas colinas da Toscana, uma etapa bastante exigente, devido à duração do percurso e aos altos e baixos contínuos. A primeira linda caminhada nas colinas da Toscana,  etapa bastante exigente, devido

à duração do percurso e aos altos e baixos contínuos Chegada em frente à Igreja do Cristo Re. Hospedagem Ostelo Sigerico Endereço: Igreja Paroquial de Santa Maria em Chianni, Via Volterrana Nord, loc. Santa Maria a Chianni, entrada do  pátio, atrás da igreja. Telefone: 0571 638242 - 324 7968837  Email: ostello.sigerico@yahoo.com

Dia 06 / Etapa 2: Gambassi Terme - San Gimignano – 14 Km

Caminhada do Santuário de Pancole, Pieve a Cellole. Etapa de média dificuldade devido a altos e baixos contínuos. Chegada em San Gimignano, conhecida como a Cidade das Belas Torres, é uma clássica cidade

murada medieval na Toscana . Suas 14 torres medievais sobreviventes criam um belo horizonte visível da paisagem circundante. Pernoite no Monastero di San Girolamo – San Gimignano.  Endereço: Via Folgore, 26 - 53037 San Gimignano, Email: monasterosangimignano@gmail.com. Website: www.monasterosangirolamo.it

Dia 07 /  Etapa 3: San Gimignano – Abbadia Isola – 26 Km

Caminhada partindo da Piazza Duomo passando por Monteoliveto, Quartaia, Gracciano d'Elsa,  Acquaviva,

 Strada e chegada a Abbadia Isola com visita do casco histórico de Colle Val'Elsa . Uma etapa um pouco 

exigente, devido à duração do percurso e aos altos e baixos contínuos. Pernoite sem jantar e café da manhã, doação no Ospitale dei Santi Cirino e Giacomo – Abbadia Isola no endereço: Loc. Abbadia Isola, 4 - Monteriggioni. Telefone: 0577 304214 - 335 6651581 - 327 0655678 , Email: casaferiesma@yahoo.it

Dia 08 / Etapa 4: Abbadia Isola – Siena – 26 km

Caminhada de 26 km partindo de Abbadia passando por Monteriggioni Castello (visita ao Castelo,  Villa, La Pergola, Le Coste e  Siena. Chegada em Siena.  Ema etapa exigente, devido à duração do percurso e do altos e

baixos contínuos.  Pernoite na Accoglienza Santa Luisa Endereço: Via San Girolamo, 8 - Siena , Telefone: 0577 284377. Email: casaprovinciale@yahoo.it . O Albergue Siena Hostel Guidoriccio, com café da manhã, Endereço: Via Fiorentina, 89 - Siena Telefone: 0577 169 8177.  Email: info@sienahostel.it , Website: www.sienahostel.it . Está localizado a cerca de 4 km do centro da cidade

Dia 09 / Siena

Dia livre em Siena. Siena é uma clássica cidade medieval na Toscana, famosa por sua grande praça em forma de leque. Piazza del Campo é o coração da cidade. Entre 1260 - 1348, Siena era uma das cidades mais ricas da

Europa e muitos de seus edifícios e obras de arte se originaram a partir dessa época. Visita do casco histórico e pernoite no Albergue Siena Hostel Guidoriccio.

Dia 10 / Etapa 5 : Siena - Buoncovento – 33 km

Caminhada de 33 km partindo de Siena na Piazza del Campo - em frente à Câmara Municipal passando por  Isola d’Arbia, Ponte a Tressa , Cuna, Quinciano, Ponte Arbia, Serravalle até Buoncovento. Uma etapa bastante 

exigente, deve prestar atenção ao cruzamento da estrada Renaccio em aproximadamente 7 km  e atenção ao cruzamento da SS Cassia, na entrada da Isola d'Arbia, a aproximadamente 9,8 km, prestar atenção ao trecho da estrada SS Cassia tem muito transito e há pouco espaço para andar (caminhar sempre do lado esquerdo da estrada!),  e ao cruzamento da SS Cassia na entrada de Buonconvento. Hospedagem na Parrocchia Santi Pietro e Paolo – Buonconvento. 

Dia 11 / Etapa 6 : Buoncovento - Montalcino – 13 km

Caminhada de 13 km partindo de Buoncovento e chegada em Montalcino. Visita do centro histórico e pernoite em Montalcino. 

.

Dia 12 / Etapa 7 : Montalcino a Bagno Vignoni – 22 km

Caminhada de 22 quilômetro saindo de Montalcino, passando por San Quirico d’Orcia, Vignoni e finalizando em Bagno Vignoni . Visita a cidade histórica di San Quirico d'Orcia e chegada a Bagno Vignoni.

Hospedagem em Bagno Vignoni

Dia 13 / Etapa 8 : Bagno Vignoni - Radicofani – 28 Km

Caminhada de 28 km saindo de Bagno Vignoni e chegada em Radicofani, Via Renato Magi, em frente à Igreja de San Pietro.  Pernoite no Albergue da Irmandade da Misericórdia Spedale Santi Pietro e Giacomo,

endereço: Via dello Spedale, 2 - Radicofani, Telefone: todo o ano 3387982255, Email: faustocecconi@hotmail.it

Dia 14 / Etapa 9 :  Radicofani – Acquapendente – 24 km

Caminhada de 24 km partindo de frente a igreja San Pietro e chegada a Acquapendente, Piazza del Duomo - em frente à Catedral do Santo Sepulcro. Esta etapa é bastante exigente, devido à longa descida de Radicofani

a Ponte a Rigo, também é muito fácil encontrar rebanhos de ovelhas observados pelos pastores, que se tornam muito agressivos se sentem que seu rebanho está ameaçado. Tenha muito cuidado. Na localidade de Ponte del Rigo, preste atenção aos cruzamentos da SS2  há bastante tráfego com veículos pesados ​​e há pouco espaço para andar na entrada de Acquapendente. 

Pernoite La Casa del Pellegrino, endereço: Via Roma, 51 Telefone: 339 8499965 - 347 1662919

Dia 15 / Etapa 10 : Acaquapendente - Bolsena – 24 Km

Caminhada partindo da Piazza del Duomo - em frente à Catedral do Santo Sepulcro, trecho de média dificuldade na primeira parte até San Lorenzo Nuevo e bastante desafiadora a segunda devido a muitos altos e baixos  

e chegada a Bolsena na Piazza Santa Cristina - em frente à Basílica de Santa Cristina e visita do centro histórico.  Pernoite na Casa di Preghiera Santa Cristina Endereço: Corso Cavour, 70 - Bolsena,  Telefone: 346 6044158, Email: info@casacamporitiro.com, site:www.casacamporitiro.com/home

Dia 16 / Etapa 11 : Bolsena – Montefiascone – 18,3 km

Caminhada de Bolsena de dificuldade média com atenção nas passagens dos cruzamentos da SS2 até a chegada em Montefiascone em Pacco della Rocca. Visita ao centro histórico. Pernoite em Monasterio de San Pietro 

Endereço: Via Garibaldi, 31 - Montefiascone, Telefone: 0761 826066 Email: benedettineap.mf@gmail.com,  Website: www.monasterosanpietromontefiascone.com

Dia 17 / Etapa 12 : Montefiascone – Viterbo – 18 Km

Caminhada de 18km partindo de Montefiacone e chegada a Viterbo - Piazza del Plebiscito, em frente à Prefeitura. Visita do casco histórico da cidade. Pernoite no Convento Cappuccini Casa San Paolo 

Endereço: Via San Crispino, 6 -Viterbo,  Telefone: 347 5900953, Email: edybertolo@libero.it

Dia 18 / Etapa 13 : Viterbo - Vetralla – 17 km

Caminhada de 17 quilômetros e Chegada em Vetralla. Visita do casco histórico e do bairro do peregrino. Incluído o jantar e pernoite com café da manhã.

.

Dia 19 / Etapa 14: Vetralla - Sutri – 26 Km

Caminhada de 26 km bastante exigente devido aos muitos altos e baixos saindo Vetralla - Giardino - Capranica e chegada a Sutri,. Muita atenção ao cruzar a Cassia SS2, estrada muito movimentada também com veículos

pesados, o trecho do Valle Mazzano, que se estende do km 18,6 até o km 23, embora muito sugestivo, quando chove muito se torna perigoso, e chegada em frente ao teatro Romano. Visita da área arqueológica e centro histórico de Sutri. Pernoite no Mosteiro das Carmelitas - Sutri, endereço: Via Garibaldi, 1 - Sutri, telefone: 0761 609082,  Email: carmelo.s.concezione@gmail.com
Website: www.carmelitane.org

Dia 20 / Etapa 15:  Sutri - Campagnano – 29 Km

Caminhada bastante exigente, devido à duração do percurso de 29 km de Sutri passando por Monterosi, Monte Gelato e chegada na Piazza Cesare Leonelli em Campagnano. Pernoite em  Paróquia Hostel Oratório San

Giovanni Battista em dormitórios com beliches, instalações: sala só, banheiros e chuveiros Endereço: Via dante Alighieri, 7 - Campagnano, Telefone: 06 90154333 - 333 9381576, email: donrenzotanturli@virgilio.it .

Dia 21 / Etapa 16 :  La Campagnano –  La  Strorta  - (22,4 Km)

Caminhada bastante exigente, devido aos muitos altos e baixos de 22,4 km saindo de La Campagnano da Piazza Cesare Leonelli, passando por Formello, Isola Farnese  e chegada a La Storta em frente à Catedral dos Sagrados

Corações de Jesus e Maria.  Atenção ao trecho entre o centro histórico de Formello e a Via della Spinareta, do km 8.7 a 10, não está marcado e presença de cães, muitas vezes livres, protegendo as casas na área residencial saindo de Formello, e atenção para atravessar Via Formellese no km 16.8. A estrada está numa curva e a visibilidade dos carros que chegam é muito baixa.

Pernoite no Istituto Suore Poverelle – La Storta, endereço: Via Baccarica, 5 - La Storta, telefone: 06 30890495 - 335 274645, email: lastorta@istitutopalazzolo.it ,Website: www.istitutopalazzolo.it .

Dia 22 / Etapa 17 : Monte Mario – Roma – Vaticano – 18 Km

Caminhada  partindo de frente da Catedral dos Sagrados Corações de Jesus e Maria de La Strorta , etapa de média dificuldade, mais do que qualquer outra coisa devido ao estresse do trânsito da cidade e sinalização

quase inexistente na seção urbana, no entanto,  existem as fitas adesivas branco-vermelho com a escrita Via Francigena, chegada: Cidade do Vaticano, Praça de São Pedro - em frente à Basílica de São Pedro .

Dia 23 / Roma - Retorno a cidade de origem

Café da manhã em hotel. Os serviços se encerram após o café da manhã, tendo a liberdade de voltar no Brasil ou seguir para outro destino. Retorno em voo de Roma e chegada a São Paulo . Fim dos Serviços

.

É BOM SABER

1. Onde fica o Caminho? 

O Caminho da Via Francigena na Itália ele possui em torno de 1000 km e atravessa regiões importantes como Piemonte, Valle d’Aosta, Toscana, Lazio, Emilia-Romagna e Liguria.  

2. Quantos Dias/Noites ?

Caminho de 24 dias e 23 noites

3. Quantas Etapas ?

A rota de LUCCA a ROMA é dividida em 17 etapas de um comprimento médio de 22 a 23 quilômetros, com picos de cerca de 32 km.

4. Qual a melhor época de fazer?

As melhores estações para cobrir todo o itinerário são maio e junho, ou setembro e outubro. Evite os meses mais quentes, especialmente no vale do Pó, onde a sombra é muito pobre e o clima é abafado. 

5. Qual o nível de dificuldade?

O percurso não apresenta dificuldades técnicas particulares. O nível de dificuldade está mais ligado ao tamanho, à diferença de altura e à possível escassez de água, o que força os viajantes a aumentar o peso da mochila.

6. Quanto Custa?

Valor por dia e por pessoa varia muito da época da viagem, e do está incluído o investimento para percorrer o caminho de São Francisco deve ficar em torno de EUR2.000,00 a EUR 5.000,00

7. O que está incluído ?

  • 22 Pernoites em hotéis/B&B/pousadas/agriturismos/hostales

  • n° 22 cafés da manhã

  • n° 19 jantares

  • Transfer in MINIBUS privado de Orvieto a La Verna

  • Transfer in MINIBUS privado de Greccio a Roma

  • Deposito de n° 1 mala por pessoa em hotel Roma durante 20 dias

  • Guia de trilha de fala português durante toda a viagem

  • Assistência H24 e logística pela agencia italiana “Francesco's Ways”

8. O que levar?

  • Mochila pequena para levar na caminhada

  • 3 ou 4 camisetas de manga curta ou longa;

  • 3 pares de meia;

  • 3 roupas de baixo;

  • 2 calças bermudas;

  • 1 bermuda;

  • 1 Par de bota ou tênis de caminhada;

  • 1 chinelo ou papete de caminhada;

  • 1 Toalha para banho;

  • 1 Anorak corta vento;

  • 1 Maiô / biquíni / sunga;

  • 1 Blusa de frio fleace para noite;

  • Repelente;

  • Protetor solar ;

  • Boné e óculos de sol;

  • Máquina fotográfica;

  • Sacos plásticos (para lixo e roupas);

  • Medicamentos pessoais;

  • Materiais de higiene pessoal em pequenas embalagens.

8. Quem leva?

Guia : Cristina Menghini

A Cristina Menghini é uma guia Italiana de caminhadas ambiental, especializada em itinerários culturais italianos. Social-blogger e promotor de Cammini com mais de 30.000 km de estrada sob seus pés também é presidente da Associação "Camminando sulla Via Francigena".  Promotora da Rede Nacional "Donne In Cammino", é um dos caminhantes mais ativos na Itália. Sua missão é fazer conhecer a beleza e a cultura italiana através da experiência do Caminho.  A Cristina tem um diferencial por ter morado no Brasil por 2 anos fala muito bem o Português e contribuirá para que o Peregrino Brasileiro compreenda perfeitamente as informações históricas do Caminho na Itália.

9. Posso ir sozinho?

Sim, a peregrinação na Via Francigena não é marcada por uma alta quantidade de peregrinos, assim não é aconselhável percorrer sozinho, sempre melhor percorrer o caminho em grupo.

10. Credencial 

A Credencial do Peregrinos é como um passaporte que acompanha o peregrino.  Na credencial, a cada etapa, se colocam as datas e os carimbos dos locais de hospitalidade.   O Testimonium Peregrinationis Peractae ad Sanctorum Francisci et Clarae Civitatem é o certificado religioso que prova a peregrinação.

 

DETALHES IMPORTANTES

O Caminho durante a maior parte do ano não apresentam dificuldades particulares, mas que em caso de fortes chuvas podem se tornar insidiosas ou até mesmo interromper a rota. Então, se choveu muito nos dias que antecederam a sua passagem, aconselhamos que você verifique diariamente o estado das hidrovias. 


Sombreamento
Em muitos lugares a sombra é pobre. Durante o verão, é aconselhável proteger a cabeça e usar um filtro solar. É bom começar muito cedo de manhã para evitar as horas mais quentes.


Pontos de água e de refresco ao longo do percurso
As fontes e pontos de refresco em alguns estágios são freqüentes, em outros bastante raros ou mesmo ausentes. Devemos avaliar cuidadosamente a disponibilidade de água e levar isso em conta enchendo as garrafas de água adequadamente. Durante um estágio médio no meio do verão é uma boa prática beber pelo menos dois litros de água, possivelmente suplementados com sais minerais, para reduzir o risco de insolação.   A maioria das cidades atravessadas pela Via Francigena tem bares ou lojas que vendem comida. Sua presença é indicada na descrição de cada etapa.


Equipamentos
O melhor calçado para este tipo de trilha é botas de caminhada leve, tornozelo-alta, com meias de trekking. A mochila deve ser de 35 a 45 litros, carregada com o mínimo necessário, para que o peso não exceda 7-8 kg (6-7 kg para as mulheres). Mochila e sapatos devem ser de excelente qualidade, por isso, neste campo, é melhor não prestar atenção às despesas. O resto do equipamento pode ser menos caro, mas ainda é composto por roupas técnicas muito leves e respiráveis. Para chuva um bom blusão e um guarda-sol são a melhor solução, melhor não usar a capa. 

Tecnologia
O uso de dispositivos tecnológicos pode ser muito útil ao longo do caminho. Os smartphones e tablets modernos tornaram-se dispositivos multifuncionais, que permitem visualizar a posição nos mapas via GPS, ler o roteiro ou um romance à noite, tirar fotos e filmar vídeos, ler e-mails, navegar na internet e ligar para casa no Skype, assistindo TV, lendo o jornal, ouvindo música. Tudo com um peso muito baixo, um aspecto fundamental para quem viaja com a mochila nos ombros. Recomendamos  um artigo aprofundado sobre o uso de tecnologia  e o  uso de cartografia digital e GPS .

Caminho de São Francisco
Caminhar ao longo do Caminho de Francisco, no entanto, é uma autêntica viagem do espírito, que atende o desejo do homem, mesmo do homem de hoje, de buscar profundamente dentro de si mesmo o sentido de sua própria existência.
Você pode fazer isso?

SITES FONTES DE INFORMAÇÕES:

DEPOIMENTOS SOBRE O CAMINHO

Você já percorreu este Caminho? 

Deixe o seu depoimento sobre o Caminho: O que mais gostou? Quais as dificuldades enfrentadas ?

O que os Peregrinos tem de saber ?  Você recomendaria ? Quais as suas dicas? Ajude os Peregrinos .

Confira tudo que o "Peregrino Sem Fronteiras" pode ajudar você

Caminho da Luz
Mon, Jul 20
Tombos - Alto do Caparaó
Jul 20, 7:00 AM – Jul 27, 11:00 AM
Tombos - Alto do Caparaó, Tombos, MG, 36844-000, Brasil
O Caminho da Luz, é uma rota de peregrinação de aproximadamente 200 km que pode ser percorrida a pé partindo de Tombos, passando por Catuné, Igrejinha, Água Santa, Jacutinga, Faria Lemos, Carangola, Caiana, Espera Feliz, Quiçé, Pedra Menina, Galiléia, Boa Vista, Caparaó até o Alto do Caparaó,.
Caminho de São Bento
Mon, Jun 01
Norcia a Montecassino
Jun 01, 11:30 AM
Norcia a Montecassino, 06046 Nórcia, Perúgia, Itália
O Caminho de São Bento e atravessa o coração da Itália, incluindo as regiões do Lázio e Úmbria, passando por Norcia, cidade onde nasceu São Bento, Subiaco, onde ele viveu e Montecassino, onde passou os últimos anos da vida dele. Vamos lá!
Caminho de São Francisco
Sun, May 03
Via del Santuario della Verna, 45, 52010 Chiusi della Verna AR, Itália
May 03, 11:30 AM
Via del Santuario della Verna, 45, 52010 Chiusi della Verna AR, Itália
Caminhar ao longo do Caminho de Francisco, no entanto, é uma autêntica viagem do espírito, que atende o desejo do homem, mesmo do homem de hoje, de buscar profundamente dentro de si mesmo o sentido de sua própria existência.