Volta a Ilha de Florianópolis

Santa Catarina

CAMINHO DA VOLTA A ILHA

 

Ao percorrer a Ilha o caminhante poderá apreciar a beleza natural da região, este roteiro é especial aos amantes de praia e exige que o Peregrino tenha uma experiência prévia de caminhada é perfeito e completo para todos os Peregrinos, que poderão apreciar a beleza natural da região, degustar gastronomia local e conviver com a cultura do “manézinho”. 

 

A caminhada será realizada em oito (8) dias. As etapas diárias serão de 15 a 31 km. O início da caminhada será entre 7 e 8 horas. O nível de dificuldade é considerado difícil, portanto os participantes deverão estar preparados fisicamente e ter experiência em caminhadas de percurso longo e de vários dias consecutivos. Para quem se arrisca, é preciso ter bom preparo físico, boa coordenação motora.

O trecho de 21 quilômetros entre Canasvieiras e Ingleses, em Florianópolis, agora também faz parte do Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, que é uma das principais de peregrinação cristã. Funciona assim: após fazer o caminho em Santa Catarina, com os devidos carimbos para comprovar, o Peregrino faz o restante da quilometragem exigida na Espanha no Caminho  de Santiago.

SOBRE O CAMINHO

 

O Caminho da Volta a Ilha é indicado para aqueles que buscam se preparar para um caminho de peregrinação de longa distância como o Caminho de Santiago de Compostela e vivenciar uma experiência de caminhar todos os dias.

 

A caminhada pode ser mais complicada caso queira carregar toda a sua bagagem durante o caminho, melhor usar o serviço de despacho de bagagens e ter esta experiência em outro Caminho. 

DIA A DIA / ETAPAS 

👣

 

Dia 01 - Cidade de origem - Florianópolis (SC)

Chegada até as 18h00 a Florianópolis e hospedagem em hotel próximo a Praça XV de Novembro. Sugestão de hospedagem no Hotel Valerim na R. Felipe Schmidt, 705 - Centro, Florianópolis - SC

Dia 02 / Etapa 1 : Praça XV de Novembro a Praia da Daniela - 25 km

Caminhada de 25 km, com saída da Praça XV de Novembro, o caminho segue num percurso eminentemente urbano do centro da cidade até a praia do Cacupé.  A partir daí teremos paisagens mais aprazíveis, com praias e mais áreas verdes.  Depois o caminho segue rumo ao bairro Santo Antônio de Lisboa , em seguida a Praia de Sambaqui e, finalmente a Praia do Toló, também conhecida como Praia do Índio onde precisa pegar um barco para fazer a travessia do canal do Rio Ratones, até a Praia da Daniela. Caminhando mais um pouco, chegamos na Pousada dos Artistas, outra opção de hospedagem é na Pousada da Lua. 

Dia 03 / Etapa 2 : Praia da Daniela a Praia dos Ingleses - 31 Km

Este trecho o caminho segue em direção à praia onde caminhará com o sol nascendo bem a frente, proporcionando bela uma paisagem de sombra e luz, com barcos na praia contrastando com os reflexos no mar de águas calmas. Alguns trechos de pequenas trilhas, sempre voltando a areia da praia, até a Praia do Forte, onde pegará uma íngreme estrada rumo a Jurerê.  O caminho segue passando pela praia da Lagoinha e em seguida sobe por uma estrada "quase vertical” para acessar a trilha que leva até a Praia Brava. Com muita atenção segue descendo por uma trilha até a praia, para em seguida enfrentar a trilha do Morro da Feiticeira, último trecho antes de chegar à Praia dos Ingleses. Hospedagem no Residencial Gaivotas.

Dia 04 / Etapa 3 : Praia dos Ingleses - Barra da Lagoa - 29 km

A caminhada de 29 km inicia pela praia em seguida para a trilha do Morro dos Ingleses e Praia do Santinho,  segue pelo costão para acessar a Praia do Moçambique, são 2,7 km de costão, chegando a Praia do Moçambique tem um trecho de  novecentos metros na areia fofa pela estrada que margeia a praia. Em seguida caminharemos quatro quilômetros pela estrada e segue para o bosque de pinheiros da Reserva Florestal, pisando num chão amaciado pela grossa camada de folhas.  Retornando mais uma vez para a areia da praia onde o caminho segue até a rua da Pousada. Pernoite e hospedagem na Pousada Recanto da Barra, R. Angelina Joaquim dos Santos, 234 - Barra da Lagoa, Florianópolis - SC. Outra opção de hospedagem: Gaivotas Part-Hotel - R. das Gaivotas, 925 - Ingleses Norte, Florianópolis - SC.

Dia 05 / Etapa 4 : Barra da Lagoa - Praia do Campeche - 18 km

O Caminho segue para o cartão postal da cidade, a ponte pênsil.  O primeiro trecho trilha do dia liga a Barra da Lagoa com a Praia da Galheta, começa logo com uma subida íngreme e com alto nível de dificuldade para quem carrega a mochila pesada às costas. Vencida a subida íngreme, tem-se uma visão em 360 graus de uma magnífica paisagem.  Desce pela Praia da Galheta que geralmente está deserta, em seguida uma pequena trilha que a liga com a Praia Mole. Na praia segue para uma trilha atrás do Bar do Deca e sai na SC-406, até a entrada da trilha do Morro do Gravatá.  Ao final da trilha, o caminho segue margeando o terreno ao lado de um muro e caminhando um pouco mais chega-se na Praia da Joaquina. Tendo em vista que a areia dificulta o caminhar, tem se opção de ir por uma trilha que margeia a praia que é utilizada pelos pescadores. Caminhando mais de cinco quilômetros neste piso difícil, chega-se no Campeche. Hospedados no Hotel São Sebastião.  Av. Campeche, 1373 - Campeche, Florianópolis - SC.

Dia 06 / Etapa 5 : Praia do Campeche - Praia da Armação - 15 km

A caminhada deste dia é bem curta e fácil quando comparada com a dos demais dias, apenas 15 km e não há morros a subir e se dá em sua maior parte por ruas urbanizadas. Segue inicialmente pelas ruas do bairro até a Praia do Morro das Pedras. Sobe o pátio da Casa de Retiros de onde se tem uma visão ampla da paisagem com as praias curvilíneas e desertas, uma em cada lado, o mar, ao centro, os verdes morros e o céu azul enriquecendo o fundo daquele quadro natural.  Descendo, rumo ao Parque da Lagoa do Peri, onde toma uma trilha e fomos até o mirante – estrutura de madeira com quatro pavimentos edificada no meio do parque para permitir uma visão geral. E segue para finalizar o dia na Praia da Armação. Hospedagem na Pousada Santa Ana.

Dia 07 / Etapa 6 : Praia da Armação - Pantano do Sul - 20 km

O trecho de hoje segue rumo a praia do Matadeiro, entrando na trilha que dá acesso a Praia da Lagoinha do Leste são quase quatro quilômetros dessa trilha de uma beleza ímpar. Caminha-se parte em trilhas fechadas, parte em áreas abertas, sempre costeando o mar e tendo uma boa visão dos rochedos e dos arquipélagos “Moleques do Sul” e “Três Irmãs”. Chegando ao topo da elevação que dá acesso a praia, tem que caminhar com cuidado devido uma descida escorregadia em alguns lugares.  Novamente vai rumo a praia, onde segue ao costão oposto ao da chegada para tomar a trilha de acesso a Praia do Pântano do Sul. Essa trilha com uma subida vertiginosa que numa distância linear de 840 metros, nos leva do nível do mar até uma altitude de 200 metros. No topo do morro tem um mirante com uma deslumbrante vista, de um lado a Praia da Lagoinha e de outro lado a Praia do Pântano do Sul e Praia da Solidão que será o destino a seguir. Descemos a difícil trilha até a SC-406 e, pelo acostamento, seguirá para a praia. Caminhando pela praia até o final do Loteamento Açores, onde toma a estrada por estar a maré muito alta, seguindo até a Pousada Caminho das Pedras para pernoitarmos.

Dia 08 / Etapa 7 : Pantano do Sul - Ribeirão da Ilha - 25 km

No caminho toma a Trilha da Praia do Saquinho por uma estreita pavimentação de concreto que em alguns pontos se apresenta escorregadio com o limo que se acumula pela umidade. Depois de cerca de 1,5 km, termina a trilha de concreto e incia-se um trecho com uma trilha bem marcada, ora com mata fechada e ora com vegetação baixa. Há muitas pedras em alguns trechos, impondo-se como obstáculos extras na aventura.  A paisagem é “coisa de cinema”, como nas demais trilhas a beira mar nesta ilha magnífica.  O pastinho é na realidade uma grande pedra plana na ponta de um costão, onde alguma relva nasceu na areia que ali se depositou pela ação dos ventos.  Em seguida o caminho vai por uma trilha dentro da mata onde deve ter muita atenção porque em alguns momentos o caminho oferece bifurcações, mas somente uma é a correta. Caminhará bastante sob mata densa até chegar a uma abertura com vista para o mar,  mais um pouco de caminhada e chega a Praia dos Naufragados e segue pela trilha rumo a Caieira da Barra do Sul. Esta é a última trilha do Caminho da Ilha em seguida volta-se a trecho urbano.  O trecho compreendido entre a Caieira da Barra do Sul e a pousada é longo e se torna cansativo depois de se ter vencido as trilhas desde a Praia da Solidão, tem de seguir caminhando mais um pouco até a Pousada do Museu onde é realizada a pernoite.  No final do dia é possível apreciar um belo por do sol bem a nossa frente.

Dia 09 / Etapa 8 : Ribeirão da Ilha - Praça XV de Novembro - 27 km

O Ribeirão da Ilha é belo e aconchegante, mas temos que seguir e finalizar o caminho com uma Caminhadas de 27km. Inicia rumo a Freguesia e segue até o trevo de acesso a Tapera. Caminhando pouco mais até ao portão de acesso a Base Aérea, onde deve ser previamente autorizado a entrada,  neste local não se pode fotografar.  Saindo pelo portão principal, estará próximo ao Aeroporto Hercílio Luz e segue caminhando em direção ao centro.  Na chegada na Praça XV de Novembro é costume fazer uma grande roda ao redor da figueira e com uma oração encerra-se a caminhada, seguindo a entrega dos Certificados a cada um dos participantes.  Encerrando o caminho felizes, mas com uma sensação estranha como se tivesse faltando alguma coisa, afinal são oito dias caminhando na Volta a Ilha de Florianópolis, dividindo experiências e sensações. Sugerimos pernoitar mais uma noite em Florianópolis.

Dia 10 / Florianópolis - Retorno a Cidade de Origem

Após o Café da manhã, às 9:00 cada Peregrino retorna a cidade de origem.

 

É BOM SABER

1. Onde fica o Caminho? 

O Caminho da Volta Ilha de Florianópolis é um percurso de caminhada ao redor da ilha de Florianópolis no Estado de Santa Catarina no Sul do Brasil. 

2. Quantos Dias/Noites ?

Caminho de 10 dias e 9 noites Estão incluído os dois dias de deslocamentos, um dia na chegada até Florianópolis, o ponto inicial e um dia para a volta a sua cidade de origem.  Não marque a sua volta para o mesmo dia do final do caminho para economizar um dia de hospedagem. São 9 (nove) pernoites, os caminhantes serão alojados em pousada, albergue ou hotel, em quartos coletivos, com direito ao café da manhã.

3. Quantas Etapas ?

São 8 etapas de caminhadas, com trechos de 20 km a 31 quilômetros.  Geralmente o inicio da caminhada é entre 07h00 e 08h00 dependendo do horário do café da manhã fornecido nas pousadas.

4. Qual a melhor época de fazer?

A melhor época para percorrer o Caminho da Volta a Ilha é no mês de novembro quando está terminando a primavera e um clima mais agradável para a caminhada.

Outra opção seria  nas estações de outono ou inverno, 

Evite escolher na alta temporada de férias no verão quando as praias estão lotadas.

5. Qual o nível de dificuldade?

O nível de dificuldade é considerado nível de dificuldade alto, portanto os participantes deverão estar preparados fisicamente e ter experiência em caminhadas de percurso longo e de vários dias consecutivos e devido o trajeto abranger muitas subidas, descidas, costões, trilhas, banhados, dunas, praias, estradas de terra e ruas asfaltadas ou calçadas.

6. Quanto Custa?

O valor varia dependendo das pousadas que ficarão hospedados o valor médio por pessoa é de aproximadamente R$300,00 por dia.

Neste valor não estão incluído as despesas pessoais e o transporte de deslocamento até o ponto inicial.

7. O que está incluído ?

  • Os pacotes geralmente estão incluídos 9 pernoites em pousadas e albergues ao longo do caminho;

  • As refeições são 7 jantares nos dias caminhada e um lanche de trilha. Em determinados locais não há recursos e nem estrutura para fornecer qualquer tipo de alimentação;

  • A travessia de barco;

  • Guia local;

  • Certificado do Caminho 

  • Transporte de mochila

8. O que levar?

  • Mochila (Não levar malas de rodinha)

  • Mochila pequena para levar na caminhada

  • 3 ou 4 camisetas de manga curta ou longa;

  • 3 pares de meia;

  • 3 roupas de baixo;

  • 2 calças bermudas;

  • 1 bermuda;

  • 1 Par de bota ou tênis de caminhada;

  • 1 chinelo ou papete de caminhada;

  • 1 Toalha para banho;

  • 1 Anorak corta vento;

  • 1 Maiô / biquíni / sunga;

  • 1 Blusa de frio fleace para noite;

  • Repelente;

  • Protetor solar ;

  • Boné e óculos de sol;

  • Máquina fotográfica;

  • Sacos plásticos (para lixo e roupas);

  • Medicamentos pessoais;

  • Materiais de higiene pessoal em pequenas embalagens.

8. Quem leva?

  1. A ACACSC - Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela organiza duas vezes ao ano o Caminho para Associados.  http://amigosdocaminho.com.br/

  2. ACACS-SP - Associação de Confrades e Amigos do Caminho de Santiago de Compostela - https://santiago.org.br/

  3. Caminhos e Caminhadas - https://www.caminhosecaminhadas.tur.br/

  4. Ana Wanke -  https://anawanke.com/

9. Posso ir sozinho?

Sim, porém não é aconselhável, o caminho não tem setas indicativas e sempre é melhor percorrer o caminho em grupo.

10. Credencial 

O trecho de 21 quilômetros entre Canasvieiras e Ingleses, em Florianópolis, agora também faz parte do Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, com os devidos carimbos para comprovar, o Peregrino faz o restante da quilometragem exigida na Espanha no Caminho  de Santiago. 

 

DETALHES IMPORTANTES

Antes de iniciar a caminhada, procure passar no supermercado local para comprar lanche e água.

A Praia do Matadeiro recebeu esse nome porque na época em que se fazia caça às baleias na ilha, era ali que se matava as baleias. Os barcos “armavam” o cerco às baleias na praia da Armação (daí, também a origem do nome daquela praia) e as conduziam para a Praia do Matadeiro ali ao lado, onde, favorecidos pela formação geográfica as encurralavam e se tornavam presas fáceis para o sacrifício.

 

A Operadora se reserva o direito de alterar o roteiro de acordo com as condições climáticas, buscando rotas seguras a fim de preservar a integridade física dos participantes.

​​

Refeições : Os jantares é fornecido nos 7 (sete) dias de caminhada, que são servidos nos locais do pernoite ou nas proximidades.  Os almoços não estão incluídos, será fornecido lanche de caminhada, visto que em determinados locais não há recursos e nem estrutura para fornecer qualquer tipo de alimentação.

Bebidas: Nenhuma bebida está incluída, inclusive nos jantares.

No encerramento é realizado uma confraternização com almoço ou jantar e entrega dos certificados.

​​

​Guia local: Há no mínimo dois guias por grupo, que irão conduzir a caminhada. São voluntários que irão prestar serviço a Associação ACACSC.

Ritmo: Por se tratar de atividade em grupo, e o caminho não estar totalmente sinalizado todos deverão caminhar juntos. Não será permitido, mesmo que conheça o percurso do Caminho da Ilha, andar à frente do primeiro condutor. Quando as circunstâncias permitirem, o guia poderá liberar o grupo para caminhar à vontade na velocidade que lhes convier.

Trânsito nas vias urbanas: As calçadas de Florianópolis são estreitas não oferecem condições de segurança para os pedestres, muitos veículos transitando em alta velocidade. Sempre que possível, os caminhantes deverão transitar no sentido oposto ao dos carros;

​​

Trilhas: Nas trilhas, caminhar sempre em fila, manter sempre a distância de 1.0 m entre os caminhantes. Evitar pisar nos troncos de madeira e ter cuidados com animais peçonhentos. É aconselhável o uso de repelente e vestir calça comprida e não short ou bermuda, evitando chinelos e calçados de solado liso;

Costões: Evitar pisar nas pedras úmidas. Sempre que possível utilizar apoio de bastões ou a mão amiga dos companheiros;

Praias e dunas: Procure evitar que areia entre dentro do calçado. Caso isso aconteça, retirar imediatamente ao sair do terreno arenoso;

Pés: Medicar imediatamente ao sentir dor ou sintomas de ferimento ou surgimento de bolhas;

Protetor solar: O uso do protetor deve ser constante e periodicamente deve-se repetir a sua aplicação;

Hidratação: Deve-se consumir água com frequência.

Repelentes: Manter na mochila de caminhada. Aconselhamos o uso principalmente nas trilhas onde há muitos insetos.

Fontes de informações: http://amigosdocaminho.com.br/

Volta a Ilha de Florianópolis
O trecho de 21 quilômetros entre Canasvieiras e Ingleses, em Florianópolis, agora também faz parte do Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, que é uma das principais de peregrinação cristã. Funciona assim: após fazer o caminho em Santa Catarina, com os devidos carimbos para comprovar.
Você gostou do Caminho?

SITES FONTES DE INFORMAÇÕES:

DEPOIMENTOS SOBRE O CAMINHO

Você já percorreu este Caminho? 

Deixe o seu depoimento sobre o Caminho: O que mais gostou? Quais as dificuldades enfrentadas ?

O que os Peregrinos tem de saber ?  Você recomendaria ? Quais as suas dicas? Ajude os Peregrinos .

Confira tudo que o "Peregrino Sem Fronteiras" pode ajudar você

Circuito do Vale Europeu
Sat, Aug 01
Circuito Vale Europeu
Aug 01, 7:00 PM
Circuito Vale Europeu, Indaial, SC, Brasil
O Caminho do Vale Europeu em Santa Catarina é um caminho de 200 km percorrendo os municípios de Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Doutor Pedrinho, Indaial, Pomerode, Rio dos Cedros, Rodeio e Timbó, de muita natureza, paz, harmonia, com paisagens e cenários lembrando cidades da Europa.
Caminho da Luz
Mon, Jul 20
Tombos - Alto do Caparaó
Jul 20, 7:00 AM – Jul 27, 11:00 AM
Tombos - Alto do Caparaó, Tombos, MG, 36844-000, Brasil
O Caminho da Luz, é uma rota de peregrinação de aproximadamente 200 km que pode ser percorrida a pé partindo de Tombos, passando por Catuné, Igrejinha, Água Santa, Jacutinga, Faria Lemos, Carangola, Caiana, Espera Feliz, Quiçé, Pedra Menina, Galiléia, Boa Vista, Caparaó até o Alto do Caparaó,.
Caminho de São Francisco
Sun, May 03
Via del Santuario della Verna, 45, 52010 Chiusi della Verna AR, Itália
May 03, 11:30 AM
Via del Santuario della Verna, 45, 52010 Chiusi della Verna AR, Itália
Caminhar ao longo do Caminho de Francisco, no entanto, é uma autêntica viagem do espírito, que atende o desejo do homem, mesmo do homem de hoje, de buscar profundamente dentro de si mesmo o sentido de sua própria existência.
Itararé (Reveillon/2020)
Sat, Dec 28
Itararé - Senges
Dec 28, 2019, 1:00 PM – Jan 01, 2020, 11:40 AM
Itararé - Senges, Itararé, SP, 18460-000, Brasil
Itararé é indicado para Peregrinos iniciantes que gostam de caminhar e tomar banho de cachoeiras, como a Trilha das Cachoeiras é de um percusso de 18 KM, onde passar por varias cachoeiras, a Cachoeira dos Veadinhos, Bugres, do Lajeadão e Poço Fundo, todas ótima para banho.
Curso do Caminho de Santiago de Compostela
Mon, Sep 30
Santiago de Compostela
Sep 30, 2019, 9:00 AM – Oct 11, 2019, 2:00 PM
Santiago de Compostela, Praza do Obradoiro, 0, 15705 Santiago de Compostela, A Coruña, Espanha
Viva a experiência de percorrer o Caminho junto com um professor da USC, em 6 etapas, com uma média de 20 km / dia, nas quais você visitará vários lugares histórico-artísticos que servem de contexto para salas de aula itinerantes.