Caminho de Frei Galvão

São Bento do Sapaucai (MG)   

a   

Guaratinguetá (SP)

 

CAMINHO DE FREI GALVÃO

 
 

O Caminho do Frei Galvão é considerado uma das rotas de peregrinação mais difíceis do Brasil, talvez o mais difícil tecnicamente para quem se propõe a caminhar o roteiro que vai de São Bento do Sapucaí a Guaratinguetá, na Serra da Mantiqueira.

Dos 135 quilômetros a serem percorridos entre São Bento do Sapucaí e Guaratinguetá, apenas 20 quilômetros são em trechos de asfalto, os demais são em trilhas tradicionais, que em épocas passadas eram utilizadas por tropeiros para transporte de mercadorias.

O roteiro é percorrido principalmente pelos Peregrinos que busquem um contanto mais direto com a natureza, posto que o trajeto apresenta em seu percurso excelsas belezas naturais, incluindo-se inúmeros rios e riachos de água cristalina, cujas nascentes localizam-se na Serra da Mantiqueira.

 

A demarcação do trajeto foi feita com setas azuis, e todas as informações concernentes ao mapa do percurso, estão contidas na credencial que o caminhante recebe quando faz sua inscrição, e que serão carimbadas e assinadas pelos donos das pousadas, onde os peregrinos pernoitarão.

 

Esse essencial documento contém, também, outras instruções importantes como a rota a ser seguida, quilometragem das etapas, o que se deve levar, onde comer e dormir, e, no final, dará direito a um diploma de conclusão do percurso.

SOBRE O CAMINHO

O Caminho de Frei Galvão é indicado para aqueles que buscam se preparar para um caminho de peregrinação de longa distância como o Caminho de Santiago de Compostela e vivenciar uma experiência de caminhar todos os dias.

A trajetória começa em São Bento do Sapucaí, a 135 km da Capital. E passa por quatro cidades do Sul de Minas (Luminosa, Piranguçu, Venceslau Brás e Delfim Moreira), antes de chegar a Guaratinguetá. 

Indicamos, para ficar mais fácil de realizar o caminho em 6 etapas:

1ª Etapa - São Bento do Sapucaí a Luminosa

2ª Etapa - Luminosa a Piranguçu

3ª Etapa - Piranguçu a Wenceslau Braz

4ª Etapa - Wenceslau Braz a  Fazenda Boa Esperança

5ª Etapa - Fazenda Boa Esperança - Bairro dos Pilões

6ª Etapa - Bairro dos Pilões a Guaratinguetá

DIA A DIA / ETAPAS 

👣

Dia 01 - Cidade de origem - São Bento do Sapucai (MG)

Deslocamento da sua cidade até o município de São Bento do Sapucai (MG) Na sequência, hospedagem na pousada “Cama & Café - Bed and Breakfast”, que é credenciada do caminho

onde receberá as credenciais.

Dia 02 / Etapa 1 : São Bento do Sapucaí - a Luminosa - 23 km

O Caminho de 23 km, com saída pelo bairro do Quilombo e chegada à cidade mineira de Luminosa, pelo bairro dos Lucios, a 1.575 m. de altitude. 

Uma etapa de muita dificuldade, principalmente na parte final da subida da serra. Depois, o caminho segue pelo bosque existente no alto da montanha, uma mata úmida e quase não se observa a sinalização, após a passagem pelo lago localizado no topo do morro, o trajeto se torna fácil, quase sempre, em forte declividade. Um trecho com muito verde, mata preservada e imensas glebas dedicadas à agropecuária dedicada ao cultivo da banana ao longo de todo o trajeto.

Dia 03 / Etapa 2 : Luminosa a Piranguçu - 21Km

Etapa de 21 km, por altitudes de até 1.200 metros com paisagens impressionantes, flores, pinheiros, pontes, amoras, pássaros, ar puro, um trajeto pleno de muito verde, povo hospitaleiro e

belas paisagens. Hospedagem na Pousada Verde Maratéa, onde o peregrino é recebido com uma especial atenção pelo simpático Luiz , o Gerente e da dona Silvânia, a proprietária do estabelecimento, que de tudo fizeram para que sinta em casa.

Dia 04 / Etapa 3 : Piranguçu a Wenceslau Braz - 31 km

Uma etapa bastante difícil, a começar pela subida da Serra dos Vieiras, em seguida a descida pelo lado oposto, que exige muito esforço para os joelhos O percurso seguinte, embora de beleza

incomum, passa por locais urbanizados, onde existe um expressivo tráfego de veículos. E a parte final, são 8 km de caminhada diretamente por asfalto, o que desanima e estressa o peregrino, já cansado pelo percurso até ali vencido.

Dia 05 / Etapa 4 : Wenceslau Braz a Boa Esperança - 10 km

Sugestão de dividir essa etapa é devido a dificuldade do caminho, assim fazendo em duas etapas terá energias para seguir até o Bairro dos Pilões sem dificuldades e aproveita a hospitalidade da 

Fazenda Boa Esperança, um recanto paradisíaco, que abriga um grande parque campestre, situado a 1.450 metros de altitude.  bromélias e orquídeas dividem com as aves nativas seu habitat natural em meio às mais de 7 cachoeiras da propriedade, com quedas d'água de 3 a 70 metros de altura, as quais podem ser visitadas através das trilhas que margeiam os três rios da região (Boa Vista, Cambau e Onça).

Dia 06 / Etapa 5 : Boa Esperança - Bairro dos Pilões - 15 km

Saindo da Pousada Boa esperança o caminho segue passando por uma ponte e uma porteira e segue por uma trilha úmida e lisa, localizada em meio a um grande bosque, tudo em forte

ascensão. No meio caminho há dois Oratórios, pequenos, em madeira e cimento, pintados de azul, à margem da trilha. Possuem imagens de Nossa Senhora Aparecida, Santo Antônio e Frei Galvão. Pedidos, orações, bilhetes e agradecimentos de graças e terços ali estão também. É este o ponto máximo da caminhada: 1.500 metros de altitude, com subidas de até 600m. Aí tem início a descida, direta, com 8,3 km o inicio da trilha da Santa, mais conhecida como “Trilha para Pilões” ou “Trilha dos Romeiros”, um caminho histórico utilizado desde o ciclo do ouro, que desce a escarpa da Serra da Mantiqueira, sob a densa vegetação.  É o trecho mais perigoso por ser feito através de um valeta funda, que oferece grande risco no período chuvoso, por ser caminho das enxurradas. Inicia-se assim a última etapa da aventura, através do bairro dos Pilões, já no município de Guaratinguetá. Chega-se à aconchegante Pousada de D. Sueli, com refeição deliciosa.

Dia 07 / Etapa 6 - Bairro dos Pilões - Guaratinguetá - 22 km / Retorno

Partida dos Pilões um percurso de 22 km até a Casa de Frei Galvão, em Guaratinguetá,depois de percorrer 12 quilômetros, começa o trecho de asfalto, exatamente numa bifurcação que dá acesso

ao bairro de Pedrinhas.  Paradas nas capelas de Sant’Ana e São Joaquim, Santa Edwirges, São Sebastião, São Manuel e Escola de Aeronáutica.No bairro do Pedregulho, a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, na Casa Puríssimo Coração de Maria. Através da Ponte Dr. Zerbini, as caminhantes chegaram à Casa de Frei Galvão, no centro histórico da cidade.

 

É BOM SABER

1. Onde fica o Caminho? 

O Caminho de Inhá Chica fica no Estado de Minas Gerais.  A cidade do ponto inicial é Inconfidentes (MG) O ponto de partida do Caminho de Nhá Chica é a Capela Nhá Chica, localizada no bairro Romas, na zona rural de Inconfidentes.

2. Quantos Dias/Noites ?

Caminho de 11 dias e 10 noites considerando a volta a cidade de origem no dia seguinte que finalizar o caminho em Baependi (MG)

3. Quantas Etapas ?

O melhor é dividir o caminho 3 etapas, etapas diárias de 20 a 25 km por dia.  Quem fizer em dois dias o caminho será de aproximadamente 35 km por dia .

4. Qual a melhor época de fazer?

A melhor opção é nas estações de outono, inverno ou primavera. Evite apenas o verão por causa das chuvas. 

5. Qual o nível de dificuldade?

Nível Médio. Trata-se de um percurso considerado difícil devido as distância se for percorrido em dois dias, o trajeto abranger muitas subidas, descidas, todo por estradas de terra . O trecho mais difícil é de Inconfidentes a Borda da Mata.

6. Quanto Custa?

O valor varia dependendo das pousadas que ficarão hospedados o valor médio por pessoa é de aproximadamente R$60,00/dia por pessoa com café da manhã. Credencial do Peregrino R$20,00

7. O que está incluído ?

  • Não identificamos nenhum pacote de nenhuma agência para este caminho

8. O que levar?

  • Mochila (Não levar malas de rodinha)

  • Mochila pequena para levar na caminhada

  • 3 ou 4 camisetas de manga curta ou longa;

  • 3 pares de meia;

  • 3 roupas de baixo;

  • 2 calças bermudas;

  • 1 bermuda;

  • 1 Par de bota ou tênis de caminhada;

  • 1 chinelo ou papete de caminhada;

  • 1 Toalha para banho;

  • 1 Anorak corta vento;

  • 1 Maiô / biquíni / sunga;

  • 1 Blusa de frio fleace para noite;

  • Repelente;

  • Protetor solar ;

  • Boné e óculos de sol;

  • Máquina fotográfica;

  • Sacos plásticos (para lixo e roupas);

  • Medicamentos pessoais;

  • Materiais de higiene pessoal em pequenas embalagens.

8. Quem leva?

  1. ACACS-SP - Associação de Confrades e Amigos do Caminho de Santiago de Compostela - https://santiago.org.br/

  2. Caminhos e Caminhadas - https://www.caminhosecaminhadas.tur.br/

  3. Ana Wanke -  https://anawanke.com/

9. Posso ir sozinho?

Sim, porém não é aconselhável, o caminho tem setas indicativas por todo o caminho.

10. Credencial 

Sim, é necessário adquirir a credencial de peregrino para obter o certificado de conclusão do caminho de Inhá Chica. 

 

DETALHES IMPORTANTES

Todo o trajeto encontra-se devidamente sinalizado com setas na cor azul.

 

O percurso pode ser realizado de 5 a 6 dias.

O caminho, é que o mesmo cruza com o Caminho da Fé na cidade de Luminosa em Minas Gerais 

Caminho da Fé - Paraisópolis a Aparecida
Vamos percorrer os 130 últimos quilômetros do Caminho da Fé que passa pela Serra da Mantiqueira e vai até o Santuário Nacional de Aparecida, desta vez pela Estrada de Pedrinhas. Vamos lá!
Você pode fazer isso?

SITES FONTES DE INFORMAÇÕES:

DEPOIMENTOS SOBRE O CAMINHO

Você já percorreu este Caminho? 

Deixe o seu depoimento sobre o Caminho: O que mais gostou? Quais as dificuldades enfrentadas ?

O que os Peregrinos tem de saber ?  Você recomendaria ? Quais as suas dicas? Ajude os Peregrinos .

Confira tudo que o "Peregrino Sem Fronteiras" pode ajudar você