5 Dicas para os praticantes das caminhadas

Atualizado: Fev 27

A nossa experiência de organização de Caminhos e Caminhadas está vinculada à experiência que colhemos do Caminho de Santiago, e acreditamos que a cada viagem é possível estimular e nutrir o espírito peregrino entre os participantes.


Em outras palavras, isso significa solidariedade, gentileza, confraternização. Cinco dicas para os participantes das atividades de caminhadas:


1-) Ser pontual.

Uma das características marcantes é a sua pontualidade no momento de iniciar as caminhadas. Essa pontualidade nada mais é do que uma forma de se manter uma boa organização do grupo, bem como garantir o respeito à aqueles que se esforçaram para chegar no ponto inicial na hora certa.


2) Possuir consciência ecológica e/ou desejar desenvolvê-la.

Essa consciência inclui, dentre outras, não deixar lixo (nem mesmo biológico) nas trilhas; não retirar plantas, pedras, conchas, etc.; não molestar os animais e as plantas; não fazer barulho excessivo (gritar ou falar alto); não deixar nomes ou figuras registradas em árvores e pedras; não danificar inscrições rupestres; respeitar as populações locais; etc. Ou seja, é ter sempre em mente o lema: "Não matar nada a não ser o tempo, não tirar nada a não ser fotografias, não deixar nada a não ser pegadas".


3) Possuir espírito de aventura e encarar com bom humor os possíveis obstáculos encontrados durante as caminhadas. 

A caminhada ecológica pressupõe um contato íntimo com a natureza e com todas as suas manifestações, algumas delas agradáveis, outras nem tão agradáveis assim. Desta forma, é comum o grupo se deparar durante as trilhas com chuva forte, sol quente, lama, poeira, mosquitos, marimbondos e outros insetos, tiririca, plantas espinhentas, travessias de rios em pequenas embarcações ou a pé, subir ladeiras, ribanceiras ou em pedras, o cansaço natural após uma longa caminhada, etc.


4) Possuir espírito de grupo, de companheirismo e de solidariedade.

Muitas vezes, as trilhas escolhidas exigem um pouco mais da resistência e bom humor dos participantes. Nessas ocasiões, o espírito de grupo e de companheirismo deve sempre prevalecer e aquelas pessoas mais bem preparadas fisicamente devem compreender que nem todos têm a mesma disposição e devem estar prontas a encorajar e a ajudar as que estão mais cansadas.


5) E ter sempre em mente essas três palavrinhas mágicas: humildade, compreensão e tolerância. 

Esses requisitos nada mais são do que a forma de se garantir o respeito à natureza e aos direitos dos demais integrantes do grupo, e de se manter o padrão de qualidade desejado pelo grupo de caminhada.


Bom caminho a todos

Caminhadas

Caminhos do Brasil

Caminhos Internacionais

Caminho de São Francisco

Caminho  de São Bento

Caminho da Via Francigena

Caminho de Shikoku

Caminho Machu Pichu

Caminho Salkantay

Caminho Torres del Paine

Caminho Patagônia Argentina

Caminho de Santiago

Caminho Francês desde:

San Jean Pied del Port

Ponferrada

Caminho da Costa Português

Caminho Central Português

Caminho Primitivo

Caminho de Madrid

Caminho de Via de la Plata

Caminho Inglês

Contato

Fale Conosco

Quem somos

Peregrinos

Associações

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

©2019 by Peregrino Sem Fronteiras. Proudly created with Wix.com

Rua Apiacas, 403  - Blue Point 5º Andar CEP 05017-020, Perdizes São Paulo/SP

Telefone / Whatsaap: 11 97103-0939  |  Embratur : nº  26.007088.96-2