top of page

Caminho Zumbi dos Palmares


O Caminho Zumbi dos Palmares foi idealizado por Vera Lucia Castro, peregrina há muitos anos, já percorreu diversos caminhos na Espanha (Santiago de Compostela), França, Alemanha, Japão (Caminho de Shikoku), Argentina e vários muitos outros Caminhos do Brasil, além de ter trabalhado voluntariamente como hospitaleira por três vezes no Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha.


A ideia de Vera Lúcia foi a de colocar em prática um caminho que envolvesse um projeto histórico-cultural de grande relevância para Alagoas.


Em uma caminhada de quatro dias, percorrendo um trecho de 70 quilômetros, o Peregrino do Caminho Zumbi dos Palmares passará por trilhas históricas, onde viveu o líder quilombola Zumbi dos Palmares, no Século XVII, por trechos de serra e mata atlântica nos municípios de União dos Palmares, Viçosa e por locais como a Serra da Barriga, Quilombo Muquém, Engenho Anhumas e Serra Dois Irmãos.


No primeiro dia, os primeiros quilômetros do Caminho serão percorridos pela subida da Serra da Barriga até o Memorial Quilombo dos Palmares, local em que um guia turístico irá contar aos participantes toda a história do quilombo e de Zumbi. Almoço no restaurante Baobá, onde a Chef é descendente de quilombolas e já ganhou prêmios pela sua especial cozinha. No mesmo dia, o peregrino visitará o Quilombo Muquém, o maior do Brasil, onde haverá apresentação do folclore com música africana por um grupo da comunidade e ainda a exposição dos trabalhos com cerâmica de sete artesãos locais.


No segundo dia, os peregrinos irão fazer a trilha provável de fuga de Zumbi por um percurso de 17 km pela Mata Atlântica entre a Serra da Barriga e o Engenho Anhumas. O almoço será na Casa Grande datada de 1875. No local, será apresentado ao grupo os integrantes da Comunidade Quilombola Filús, considerado o quilombo mais geograficamente isolado do estado e lembrado pelo alto número de pessoas albinas. Do Engenho Anhumas os peregrinos seguem de micro-ônibus para Viçosa.


No terceiro dia, caminharemos na mais antiga trilha existente na região, 20km, passando por trilhas dentro do município de Viçosa, onde certamente Zumbi esteve por lá , pois ficou pelo menos 1 ano escondido nessa região .Sempre com acompanhamento do guia nos contando todas as histórias da região. Almoço e dormida na Fazenda e no Hotel em Chã Preta


No quarto dia, uma trilha de 15km em Chã Preta.


E no quinto e último dia: Trilha de 12km. Os peregrinos seguem até a Serra Dois Irmãos, ainda em Viçosa, onde historiadores acreditam ser o local em que morreu Zumbi dos Palmares no dia 20 de novembro de 1695. O caminho termina na serra com uma celebração envolvendo todos os participantes.


Seguimos para o almoço ( mais 2km) e ao terminar voltamos para Maceió de micro.


Valor da edição de outubro: R$1.850,00 dividido em 3X


O que está incluído:

  • 3 noites no Hotel Fazenda Quilombo em União dos Palmares

  • 2 noites, sendo a metade do grupo em uma Fazenda de Chã Preta e a outra metade em uma Pousada de Chã Preta.

  • 4 refeições conhecendo a rica gastronomia local, inclusive a quilombola e outra na antiga Casa Grande em União dos Palmares

  • Carro de apoio com água

  • Transporte de Maceió a União dos Palmares

  • Transporte de Viçosa a Maceio

  • Transporte para nos levar no início das trilhas

  • 4 guias

  • 4 bombeiros

A Vera já organiza em Alagoas, desde 2008, o Caminho Laguna Mar, com 105 km de caminhada durante 5 dias às margens das Lagoas Mundaú e Manguaba, e das praias do Francês e Barra de São Miguel.


As próximas caminhadas em grupo no Caminho Zumbi dos Palmares está programado para ocorrer no período de 16 a 21 de outubro 2022 e uma outra em março de 2023.


Informações: Vera Lúcia – (61) 98287-9613

Perfil no Instagram: @caminhozumbidospalmares






0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page