top of page

Virou moda pular o Caminho de Burgos a León


Segundo o Diário de Burgos os hospitaleiros da rota entre as duas cidades estão alertado para a habitualidade de muitos peregrinos a viajar de ônibus o trecho de Burgos a León. "Há guias no Caminho de Santiago que os incentivam a fazê-lo, e convidam os peregrinos a ignorá-lo alegando que é difícil e chato", lamenta Diana Díez, que administra o albergue Fuente Sidres em Castellanos de Castro.

Eu sempre ouvi pessoas recomendando pular este trecho dizendo que nesse trecho não tem nada por não ter montanhas, não é só nos guias. Dividir o Caminho desta forma é como fazer dois caminhos, não é a mesma coisa que percorrer o caminho por inteiro.


Quando você interrompe o seu trajeto em Burgos e recomeça em Leon, você não está recomeçando o caminho, você está iniciando outro Caminho. Quando você começa a criar raízes de amizades com os peregrinos que iniciaram em San Jean ou Roncevalles ficam para traz e deixam de existir.


Em Leon é um novo inicio de caminho você terá que começar tudo de novo e formar novas amizades com os Peregrinos.


Como diz o Diário de Burgos "Campos eternos de cereal, verde ou amarelo, dependendo da época do ano, e céus infinitos que convidam ao pensamento e à introspecção enquanto caminham pelos caminhos que os acompanham também carregados com alguns dos melhores exemplos da arte romana. E silêncio. Em princípio, condições ideais para sentir o Caminho de Santiago, para fazer sentido, certamente, da razão que leva alguém a pendurar uma mochila pesada e atravessar meia península a pé até a cidade da Galícia".


Eu considero este um trecho é muito bonito, não tem montanhas altas, mas você caminha nas alturas em linha reta, este trecho você consegue se surpreender ao caminhar longas distâncias em menor tempo.


O Peregrino André Castro comenta o texto: "Que lamentável… Cada ponto do caminho importa (e muito). Esse trecho aí então… É quando você começa a conversar consigo mesmo e a refletir… Como o caminho é a metáfora da vida, pular esse trecho entre Burgos e León seria o equivalente a deixar para trás a sabedoria e as necessárias reflexões à vida, mas… É o que já dissemos antes aqui: apesar de eu não concordar com o “pular essa etapa”, cada um faz o caminho que pode (ou quer)".


O Peregrino Mauricio Ignácio complementa: "O Caminho é uma metáfora da vida. Se na vida não podemos cortar fora as partes chatas, porque cortá-las no Caminho? Partes planas tem sua beleza. Eu não achei nem chata e muito menos sem graça, mas é gosto pessoal. Concordo com o texto que diz que você estará em outra Aventura, não é continuidade da primeira".


Sempre alertei para este fato e recomendo para as pessoas que só tem 20 dias começar em Burgos e fazer o caminho por inteiro.


Bom Caminho a todos.


Paulo Bertechini






Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page