Caminho da Fé

Águas da Prata - Aparecida (SP)

Caminho da Fé (Águas da Prata - Aparecida)

O Caminho da Fé é composta por cerca de 970 km, dos quais aproximadamente 500 km atravessam a Serra da Mantiqueira por estradas vicinais, trilhas, bosques e asfalto, proporcionando momentos de reflexão e fé, saúde física e psicológica e integração do homem com a natureza. Seguindo sempre as setas amarelas, o peregrino vai reforçando sua fé observando a natureza privilegiada, superando as dificuldades do Caminho que é a síntese da própria vida.

O Caminho da Fé (Brasil), foi inspirado no milenar Caminho de Santiago de Compostela (Espanha) e criado para dar estrutura às pessoas que sempre fizeram peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida, oferecendo-lhes os necessários pontos de apoio e infraestrutura. 

No Caminho o Peregrino aprende que o pouco que necessita cabe na mochila e vai despojando-se do supérfluo. Exercitando a capacidade de ser humilde, compreenderá a simplicidade das pousadas e das refeições. Em cada parada, estará contribuindo para o desenvolvimento econômico e social das pequenas cidades e propiciando a integração cultural de seus habitantes com a dos peregrinos oriundos de todas as regiões do Brasil e de diferentes partes do mundo.

Sobre o Caminho

Dia a Dia / Etapas

É bom Saber

Detalhes importantes

Eventos

 
 
Caminho da Prece (2020)
A Rota de Peregrinação Caminho da Prece contém 71 quilômetros de extensão e contempla os municípios de Jacutinga, Ouro Fino, Inconfidentes, Tocos do Moji e Borda da Mata, todas de Minas Gerais. O Caminho é da prece, da meditação, do encontro de si mesmo, integração com pessoas, e a natureza.
CAMINHO da PRECE - Sede,
Praça Delfim Moreira - Antiga - Estação Ferroviária, Jacutinga - MG, 37590-000, Brasil
 

SOBRE O CAMINHO

O Caminho da fé  indicado para aqueles que buscam um caminho de peregrinação de longa distância, como o Caminho de Santiago de Compostela e vivenciar uma experiência de caminhar todos os dias.

Aprende que o pouco que necessita cabe na mochila e vai despojando-se do supérfluo. Exercitando a capacidade de ser humilde, compreenderá a simplicidade das pousadas e das refeições. Em cada parada, estará contribuindo para o desenvolvimento econômico e social das pequenas cidades e propiciando a integração cultural de seus habitantes com a dos peregrinos oriundos de todas as regiões do Brasil e de diferentes partes do mundo.

 

DIA A DIA / ETAPAS 👣

Dia 01

Cidade de origem - Águas da Prata (SP)

Chegada à Águas da Prata e preparação para o inicio do caminho.

Dia 02/ Etapa 1 : Caminhada de 32 km

Águas da Prata - Andradas (MG)

O primeiro dia de caminhada uma jornada de excelsa beleza, entretanto, de expressiva dificuldade, mormente, para aqueles que estão iniciando o Caminho, por ser uma jornada relativamente longa e acidentada. 

Dia 03/ Etapa 2 - Caminhada de 43 Km

Andradas - Serra dos Limas - Crisólia - Ouro Fino (MG)

Após o café da manhã dia promete muita aventura, pois a dificuldade é maior que no dia anterior. Nesse 2º dia, com saída de Timbó, você passará por diversos bares e lanchonetes, pontos turísticos e muitas lojas com produtos bem variados. Logo, o circuito estará na área rural onde a lida do homem do campo, a agricultura de subsistência e as paisagens rurais bucólicas com diversas casas centenárias em estilo enxaimel e jardins bem cuidados, será a tônica do dia até o término do percurso. Após os 25 km que fazem parte do circuito de hoje, cruzando a montanha em direção ao Morro Azul com subidas e descidas íngremes você chegará ao Centro de Pomerode, a cidade mais Alemã do Brasil. Bom descanso . Incluí: Pernoite com café da manhã.Pousada Casa Wachholz .  Rua Progresso, 2379 - Testo Alto 
 (47) 3387-3493  e-mail:  casawachholz@gmail.com  Site:  www.pousadacasawachholz.com.br/

Dia 04/ Etapa 3 - Caminhada de 17 Km

Pomerode - Rio dos Cedros 

Após café da manhã na pousada, caminharemos por 17 km. O caminho será bem diferente, ora com paralelepípedo, ora com asfalto, é a parte mais urbana de todo o percurso. Bares e lanchonetes, lojas, muitos pontos turísticos, muita gente falando alemão, aliás, o título de cidade mais alemã do Brasil sem dúvida cabe muito bem a essa cidade. Entre o municípios de Pomerode – Rio dos Cedros sugerimos excluir este trecho da caminhada devido a ser 17 km de asfalto seguindo pelo acostamento da rodovia.  Hotel e Restaurante Joana Bella .   Rua Duque de Caxias, 1260 
 Centro   (47) 3386-1285 / 98415-3341  E-mail: reservasjoanabella@yahoo.com .

Dia 05/ Etapa 4: Caminhada de 23,3 km

Rio dos Cedros - Benedito Novo

Neste percurso, você encontrará o homem na lida do campo, sendo constante a presença de muitos pássaros, borboletas e outros pequenos animais nas árvores, flores e riachos. O verde será uma companhia frequente durante todo o dia. A estrada de chão, 90% da caminhada, deixará você perplexo com tantas paisagens, fauna e flora. A Região de São Bernardo e Rio Cunha são, em sua totalidade, de colonização italiana; percebe-se o legado desses imigrantes por toda a parte, seja pelo dialeto italiano ou pelo modo de viver. Quando chegar a Benedito Novo verá o quão pródiga é a natureza. Caminhando 23,3 km. Benedito Novo é um ótimo destino para apreciadores do ecoturismo. O município abriga cachoeiras com até 100 m de altura e diversas trilhas. A preservação das heranças coloniais na arquitetura e nos jardins bem cuidados também são um ponto positivo para o turismo local. Não deixe de conferir a ponte pênsil localizada no centro da cidade. Hospedagem no O Peregrino, Os dormitórios compartilhados contam com charmosas camas antigas individuais (não beliche), e um dossel lateral em cada cama, dá a necessária privacidade.
Um quarto com seis camas e um quarto com 10 camas Envie um email para albergue@operegrinovaleeuropeu.com.br

Dia 06/ Etapa 5: Caminhada de 26,3 km

Benedito Novo - Doutor Pedrinho

O ar puro e as belas paisagens do percurso lhe deixará com os ânimos reabastecidos. Em estradas estreitas e de terra, cercadas de muita vegetação de mata nativa e renovável, é possível deparar-se com pequenas pontes, com a agricultura de subsistência, casas muito bem cuidadas e jardins floridos dos moradores do local. Os ribeirões estão por toda parte, compondo o cenário perfeito para fotografar, além de, ser um ótimo local para um piquenique. Dizer que neste trecho existem pontos turísticos seria covardia pois o trajeto todo acaba tornando-se um ponto turístico único.

Bella Pousada. Endereço:  Rua Capelão Beil, 477 - Ribeirão Lima  Tel.: (47) 3388-0354 Site www.bellapousada.com.br     E-mail: bellapousada@bellapousada.com.br  .

Dia 07/ Etapa 6: Caminhada de 31,5 km

Doutor Pedrinho - Zinco

Não estranhe! Hoje você voltará um pequeno trecho do percurso de ontem. Ao sair da Pousada, providencie lanche e água, pois o caminho deste dia terá poucas opções para alimentação. O sinuoso caminho em estradas secundárias, estreitas e de terra colocará você novamente em contato com frondosas árvores e com a mata nativa. Rios e riachos também serão companhias constantes até o final deste percurso. Pousada do Zinco - Endereço: Estrada Geral Ribeirão Liberdade . Telefone:  (47) 3385-0160 / 3391-3411 - E-mail: pousada@campodozinco.com.br .
Site: www.campodozinco.com.br/ .  Não vá para o Zinco sem fazer a reserva com antecedência.

Dia 08/ Etapa 7: Caminhada de 25,5 km

Zinco - Rodeio

A tradição e os costumes dos italianos são o que há de mais valioso e presente em Rodeio. As pequenas comunidades que você encontrará no percurso são de descendentes de italianos, pessoas receptivas e que gostam de uma boa conversa. Mirantes naturais deixaram você vislumbrar o vale, suas escarpas, montanhas e vegetação. Na Cidade dos Anjos pare e descanse um pouco, dedique alguns minutos para captar bons fluidos. Quando chegar à hospedagem e, se estiver ainda com vontade de caminhar um pouco, sugerimos que você vá ao centro da cidade de Rodeio para interagir um pouco com as pessoas da cidade ou, ainda, conhecer a Igreja Matriz e seu interior.

Pousada Cama Café Stolf  . Avenida Presidente Kennedy, 222 .Tel: (47) 3384-1498 . e-mail: marcelostolf@terra.com.br 
Site: www.hospedagemcamacafestolf.worldpress.com.br

Dia 09/ Etapa 8: Caminhada de 20 km

Rodeio (SC)  - Apiúna (SC)

Hoje o trajeto será pelo centro de Rodeio é cercado por muitos bares e lanchonetes interessantes para visitar. Quando sair do hotel, a poucos metros irá passar por uma vinícola. Visite, conheça. Rodeio é uma cidade de imigração italiana, portanto, não estranhe o sotaque dos moradores e suas conversas em italiano. Conheça a Igreja Matriz do centro da cidade e seu interior. Saindo de Rodeio siga em direção à Ascurra, outra cidade de imigração italiana, que também oferece muitas opções em bares e lanchonetes. Considerada a cidade mais simpática do Vale Europeu, Ascurra possui forte presença européia marcada por um povo acolhedor.  O trajeto em direção à cidade de Apiúna é de estrada de chão, com locais muito interessantes, onde o rio será companheiro por um longo percurso. 
Em Ascurra na  Nona Rosina Turismo e Hospedagem. Endereço :Avenida Brasília, 525 
Telefone: (47) 3306 1010 e-mail: reservasnonarosina@gmail.com 

Em Apiúna hospedagem no Hotel Lang. Endereço: Avenida Quintino Bocaiúva, 620 . Telef. (47) 3353-0023 : hotellange@gmail.com 

Dia 10/ Etapa 9 : Caminhada de 27,5 km

Apiúna - Indaial - Blumenau (SC)

No dia de hoje recomendamos pular o 8 km do primeiro trecho do primeiro dia,  pois será necessário andar por um bom trecho pelo acostamento do asfalto.  Ao fim deste trecho, inicia um caminho por estrada de chão passando por pequenos povoados cheios de paisagens, diversas opções de bares, lanchonetes, lugares para compras e atrativos turísticos naturais. O trajeto do Warnow, bairro de Indaial, é muito interessante, com sua arquitetura arrojada, belos e bem cuidados jardins. Paisagens com cenários bucólicos lhe seguirão até o ponto de saída do circuito. 

Sugestão de ao finalizar o caminho em Indaial, retirar as credenciais e seguir para conhecer Blumenau (SC) 

Dia 11 / Retorno

Blumenau / Navegantes / Cidade de Origem

Após o café da manhã iniciaremos o nosso retorno - Aproveitamos o dia para conhecer o Museu da Cerveja e almoçar em Blumenau, Blumenau é internacionalmente conhecida pela Oktoberfest. A maior festa alemã das Américas, que acontece em outubro desde 1984, que em 2014 atraiu 573.361 visitantes. Fundada em 1850, Blumenau faz reverência às suas origens em cada canto da cidade: nas casas, nos parques, nos monumentos. Os traços da cultura germânica podem ser apreciados nas edificações centenárias de arquitetura alpina e enxaimel, na arte, no artesanato, na rica gastronomia e em outras festas que movimentam a cidade. Após o almoço retornamos a Navegantes para o voo de retorno à São Paulo.

É BOM SABER

1. Onde fica o Caminho? 

O Caminho do Circuito do Vale Europeu ficar no Estado de Santa Catarina no Sul do Brasil.  Para chegar lá é preciso comprar passagens para Navegantes (SC) e seguir até Indaial a cidade inicial do Caminho.

2. Quantos Dias/Noites ?

Caminho de 11 dias e 10 noites Estão incluído os dois dias de deslocamentos, um dia na chegada até Indaial, o ponto inicial e um dia em Blumenau para a volta a sua cidade de origem.  Recomendamos evitar e marcar a sua volta para o mesmo dia do final do caminho para economizar um dia de hospedagem. Aproveite e vá conhecer Blumenau.

2. Quantas Etapas ?

São 9 dias de caminhadas, com trechos diárias de 18 a 31 km.  Geralmente o inicio da caminhada é entre 07h00 e 08h00 dependendo do horário do café da manhã fornecido nas pousadas.

3. Qual a melhor época de fazer?

A melhor época para percorrer o Caminho do Vale Europeu é no outono - inverno, ou primavera. 

Evite escolher na alta temporada da Oktoberfest em outubro quando as pousada estão lotadas.

4. Qual o nível de dificuldade?

Nível Difícil - O caminho será percorrido contornando a Ilha de Santa Catarina. Trata-se de um percurso considerado difícil devido o trajeto abranger muitas subidas, descidas, costões, trilhas, banhados, dunas, praias, estradas de terra e ruas asfaltadas ou calçadas.

6. Quanto Custa?

O valor varia dependendo das pousadas que ficarão hospedados o valor médio por pessoa é de aproximadamente R$300,00 por dia.

Neste valor não estão incluído as despesas pessoais e o transporte de deslocamento até o ponto inicial.

5. O que está incluído ?

Os pacotes geralmente estão incluídos 9 pernoites em pousadas e albergues ao longo do caminho;

As refeições são 7 jantares nos dias caminhada e um lanche de trilha. Em determinados locais não há recursos e nem estrutura para fornecer qualquer tipo de alimentação;

A travessia de barco;

Guia local;

Certificado do Caminho 

Transporte de mochila

7. O que levar?

  • 01 Mochila com presilhas no peito e quadris;

  • 02 mudas de roupas além da que está no corpo (leve e de fácil secagem);

  • 03 roupas íntimas e 03 pares de meia;

  • 1 casaco para quem vai no inverno; e para quem vai no verão uma malha fina tipo soft;

  • Capa de chuva que cubra também a mochila, ou capa para o peregrino e mochila com capa própria;

  • Chinelo;

  • Material de higiene pessoal (sabonete, creme, escova e fio dental, papel higiênico, etc.);

  • Primeiros socorros (esparadrapo, pomada contra assadura, antisséptico, etc.);

  • Canivete;

  • Toalha (de preferencia tipo fralda de pano)

  • Agulha e Linha (para drenar bolhas que possam se formar);

  • Cajado: Serve de apoio e de defesa contra animais hostis. Poderá ser adquirido nos locais de credenciamento;

  • Calçado já adaptado aos pés, resistente e macio;

  • Chapéu de pano com abas tipo pescador;

  • Água: Levar apenas o que for consumir em cada trecho;

  • Protetor solar e repelente contra insetos;

2. Quem leva?

A ACACSC - Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela organiza duas vezes ao ano o Caminho para Associados. 

A Agência Caminhos e Caminhadas realiza uma edição por ano.

9. Posso ir sozinho?

Sim, mas não é aconselhável, sempre melhor percorrer o caminho em grupo.

 
 

DETALHES IMPORTANTES

No Caminho evitem transitar nos períodos noturnos ao longo do Caminho. Optem pelo dia e não pela noite.Evitar saídas tardias dos meios de hospedagem. A segurança da viagem depende deste planejamento, onde se calcula o tempo médio para se fazer o trecho, sua capacidade física, condições climáticas etc., para se chegar em segurança até o próximo ponto de apoio.

Com menos de 06 kg na mochila é possível levar tudo o que o peregrino necessita para sua caminhada.

A média ideal sugerida para quem vai à pé é de caminhar no máximo 35 km/dia.

A Associação não se responsabiliza por situações que venham ocorrer com os peregrinos que insistem em não atender as orientações disponibilizadas.
 

Motivação - Religiosidade

 

A peregrinação é antes de mais nada uma viagem a um lugar sagrado, quer para um local próximo ou para um local distante. Mas é mais que isso, porque como peregrinos, os viajantes se deparam com rituais, objetos e arquitetura sagrada. Viajando sozinhos ou em grupo, a experiência da viagem pode ser tão importante quanto alcançar um objetivo específico.

As vezes a própria jornada é um aspecto essencial da peregrinação, que envolve dificuldades e requer bom preparo físico. Outras vezes, a jornada é quase intangível e o destino pode ser qualquer um.

A peregrinação tem a ver com dois aspectos: com o peregrino voltando para casa, carregando suas memórias e souvenirs da viagem e com o fato de o peregrino conseguir completa a viagem...

Em geral, seja qual for o sentido da peregrinação, seja a elevação do ser, afloramento do sentimento de solidariedade, de amor ao próximo, de compaixão e de renovação da fé culminando na sensação intima de cada peregrino, as peregrinações pelo mundo se dão a medida que a humanidade sente a necessidade de evoluir através da fé buscando significado e conexão com seu poder superior.

Motivação - Turismo

Conhecer culturas diferentes, lugares que proporcionem uma vida simples e de raiz, valorizar os hábitos e costumes do interior, conhecer um pouco da Regionalidade do interior Paulista e Mineiros, são algumas das características que ficam evidentes ao fazer da peregrinação no Caminho da Fé uma viagem turística.

Paisagens, culinária, artesanato, passeios, curiosidades, cultura caipira e cabloca, hospitalidade e simplicidade são alguns dos aspectos que o peregrino- turista poderá encontrar ao peregrinar pelo caminho com essa motivação.

Diversidade paisagística e cultural das pequenas cidades por onde o Caminho passa representam a riqueza de nossa terra ainda preservada de forma singela, e que se apresentam através do Patrimônio Arquitetônico singular, através da vista abundante da Serra da Mantiqueira, da produção artesanal de produtos alimentícios típicos ou através de uma festa linda onde toda a comunidade se envolve e tem orgulho de se apresentar.

Pontos de interesse:

  • Aparecida: Santuário Nacional de Aparecida

  • Mococa: Santuário Diocesano de Adoração Eucarística Nossa Senhora do Rosário

  • São João da Boa Vista: Santuário Diocesano de Adoração Eucarística Nossa Senhora Aparecida, Santuário Diocesano de Adoração Eucarística Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, Museu de Arte Sacra

  • Vargem Grande do Sul: Santuário Nossa Senhora do Desterro

  • Caconde: Santuário Diocesano de Adoração Eucarística Nossa Senhora da Conceição

  • Tambaú: Santuário Nossa Senhora Aparecida

  • São José do Rio Pardo: Santuário de São Roque, Santuário de Santo Antônio

  • Porto Ferreira: Santuário Diocesano São Sebastião

  • São Carlos : Santuário de Adoração São Pio X, Catedral Diocesana São Carlos Borromeu, Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia

  • Santa Rita do Passa Quatro: Santuário de Santa Rita de Cássia

  • Borda da Mata: Santuário Nossa do Carmo

  • Ouro Fino: Santuário São Francisco de Paula e Nossa Senhora de Fátima

  • Sertãozinho: Parque Cristo Salvador Caminho da Fé- elevador que leva ao Cristo com vista panorâmica

  • São Simão: Matriz São Simão Apóstolo

Motivação - Autoconhecimento

 

A procura do sagrado como instrumento que possibilite a busca do autoconhecimento.

Caminhar e refletir, caminhar e observar, caminhar e escutar uma voz que não ouvimos no dia a dia.

Pode ser um processo doloroso, mas assim como na motivação religiosa, peregrinar, percorrer longas distancias para que essa voz interior ganhe espaço e que as mudanças possam vir de dentro para fora, de fora para dentro e com influência do meio.

Não só pelos aspectos religiosos que muitas vezes se fundem com os de autoconhecimento conhecer-se através dessa experiência pode elevar o ser humano, transformando-o em alguém melhor.

VOCÊ TAMBÉM VAI CURTIR ESTES CAMINHOS

SITES INTERESSANTES

Caminhadas

Caminhos do Brasil

Caminhos Internacionais

Caminho de São Francisco

Caminho  de São Bento

Caminho da Via Francigena

Caminho de Shikoku

Caminho Machu Pichu

Caminho Salkantay

Caminho Torres del Paine

Caminho Patagônia Argentina

Caminho de Santiago

Caminho Francês desde:

San Jean Pied del Port

Ponferrada

Caminho da Costa Português

Caminho Central Português

Caminho Primitivo

Caminho de Madrid

Caminho de Via de la Plata

Caminho Inglês

Contato

Fale Conosco

Quem somos

Peregrinos

Associações

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

©2019 by Peregrino Sem Fronteiras. Proudly created with Wix.com

Rua Apiacas, 403  - Blue Point 5º Andar CEP 05017-020, Perdizes São Paulo/SP

Telefone / Whatsaap: 11 97103-0939  |  Embratur : nº  26.007088.96-2